CHAMADA ABERTA
IMAGENS DE SI: NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS

“Vivo, visualizo, sei da minha história e imagem
Se falo das minhas cicatrizes ou afetividade
Quem fotografa?
Do nosso amor próprio
Quem conta? 

Embora guardem o lugar de dor
como se fosse único
meu único espaço
renuncio, quer dizer...
Ora, o prazer de viver
da autoestima suada e pressionada a não existir
existe!
meus lugares
minha identidade
ninguém me tira
nem a multiplicidade da existência.

Pras minhas crianças
Não guardarei uma parte da história
Pras minhas crianças
priorizarei a exuberância dos nossos sorrisos
sem cair no esquecimento
de quem provocou e perpetua
nossas dores por lentes de imagens”

 

Jade Borges

Imagens de si: narrativas autobiográficas é uma exposição de um projeto fotográfico sobre individualidades, vivências, percepções da pluralidade de pessoas; incentivando nas narrativas fotográficas, sejam autorretratos ou fotografias do próprio cotidiano (memória e presente), das histórias da vida.

Trata-se de um processo expográfico colaborativo de produções visuais direcionado a mulheres (trans e cisgêneros) e pessoas não bináries que dialoguem com a fotografia - documental, performática, artística e amadora -, seja ela produzida por celulares, câmeras analógicas ou câmeras digitais.


Entre os temas para a exposição estão:

 

  1. ritos de passagem: mortes e nascimentos (figurados e literais), uma transição hormonal, as dores de um puerpério, a retirada de uma mama, entre outras possibilidades;

  2. memórias do afeto/autoafeto;

  3. memórias do bairro, histórias da minha vida;

  4. vida noturna: do trabalho ao lazer;

  5. chefes de família;

  6. bailes/festas de rua;

  7. marcas do tempo.